terça-feira, 30 de maio de 2017

LIGA DEMOCRÁTICA LIBERAL - LIGA

O Brasil precisa ser RENOVADO em todas as esferas - Chega de Corrupção.

Vem ai - LIGA

Marcelo M. Presidente Nacional do LIGA
Sei que muitos, principalmente de direita, estão decepcionados com políticos; mas a política não deve nem pode ser ignorada, já que a exercemos desde que nascemos. Nossa primeira manifestação política é o choro, que notadamente é percebido por nossa mãe que cede seu peito para nos alimentar; e assim procedemos por toda nossa existência. Havemos de nos manifestar para que a política seja exercida em prol de todos.

A Liga Democrática Liberal é um partido liberal-conservador, que defende a livre-iniciativa, as liberdades individuais - de ir e vir, associação, religiosa, de expressão -, bem como o direito à legítima defesa através do direito à posse e porte de armas de fogo. Nós defendemos os valores ocidentais que inspiraram a revolução americana, e temos como referências autores como Russell Kirk e Edmund Burke.

Nós acreditamos que apenas nas democracias liberais ocidentais é possível viver em prosperidade e liberdade, e acreditamos que uma economia industrial avançada - regida por um sistema democrático, com livre imprensa e espaço para a expressão de opiniões contrárias - é o tipo de sociedade na qual a vasta maioria da população pode buscar sua felicidade.
  


A LIGA é contrária aos movimentos Estado Islâmico, Hamas, Hezbollah, ao Fatah e a todos os demais representantes do Islã político e movimentos secularistas (ou religiosos) antissemitas - a LIGA também é a favor do Estado de Israel e entende que apenas neste país, entre todos os Estados do levante e regiões próximas (como península arábica e Egito), há liberdade política, tanto para os cidadãos judeus quanto para os cidadãos muçulmanos e cristãos. Cidadãos judeus e cristãos de Estados vizinhos estão constantemente sob pressão e perseguição perpetrada por regimes e movimentos de caráter ostensivamente genocida - por esta razão, apenas Israel é uma legítima democracia liberal, no levante e áreas de maioria árabe, nas quais até mesmo os cidadãos muçulmanos possuem muito menos liberdade. Em Israel, manifestantes muçulmanos têm direito à palavra - nos regimes islamistas, os muçulmanos que ousam se manifestar contra o regime são brutalmente perseguidos e assassinados (como nas ditaduras baathistas, na antiga ditadura de Kadafi, no antigo regime taliban e similares, socialistas-árabes ou confessionais).

Conforme consta em nosso estatuto:

Art. 6º - Os pontos de organização social defendidos pela Liga Democrática Liberal - LIGA são: o Estado de Direito, a democracia representativa, a economia de mercado, a descentralização do poder estatal e a redução de sua interferência na vida privada dos cidadãos. A LIGA defende incondicionalmente o direito à vida, à liberdade e à propriedade privada assim como os direitos e garantias individuais decorrentes dela - a responsabilidade individual, a liberdade de expressão, o direito inalienável à legítima defesa, a igualdade de todos perante a lei, o direito de ir e vir, a liberdade de associação e a liberdade religiosa. A Liga Democrática Liberal – LIGA foi constituída com a compreensão de que uma sociedade ocidental capitalista industrial desenvolvida, que é inspirada nos valores defendidos na tradição judaico-cristã e que organiza sua economia e política sob os princípios esposados pelo pensamento liberal clássico - liberdades de expressão, manifestação, associação, religiosa, ir e vir e direito à propriedade -, é uma sociedade na qual a felicidade de todos os indivíduos, de todas as classes sociais, é mais facilmente alcançada.
 
Art. 18 - Será, para fins deste Estatuto, considerada infidelidade partidária as seguintes práticas ou omissões por parte dos parlamentares da Liga Democrática Liberal – LIGA:
f) promover, em caráter público ou privado, qualquer ideologia baseada em etnia, perseguição religiosa, gênero , classe, anticristianismo - velado ou ostensivo -, antissionismo, desarmamentismo - ou qualquer política de controle de armas da população civil -, antissemitismo - velado ou ostensivo - e anticapitalismo - na forma de ideologias de inspiração marxista, ambientalista, anarquista, nazi-fascista ou eurasianista, conforme definição estipulada pelo secretariado político e ratificada pelo Diretório Nacional.
  
Art. 118 – É garantido aos militantes o direito de organizar discussões e grupos de defesa de bandeiras políticas e econômicas específicas, sob a orientação dos valores tradicionais judaico-cristãos e dos princípios econômicos liberais clássicos.

§ 2º Está garantida aos grupos de defesa de bandeiras políticas e econômicas específicas a expressão de suas posições nos órgãos de imprensa internos do Partido, observando-se a contraposição pétrea que todos os grupos dentro do partido devem trazer a quaisquer orientações políticas socialistas, totalitárias - anticapitalistas ou não -, de gênero, etnia, classe, anticristãs ou antissemitas.

O "ônibus" LIGA segue seu itinerário, já quase lotado de pessoas de bem para o bem. O Diretório do Distrito Federal já é uma realidade, nosso maior objetivo neste momento são as fichas de apoiamento. O modelo está disponível em nosso site, podendo ser impresso, preenchido e a nós enviado.

http://www.partidoliga.com.br/

sábado, 27 de maio de 2017

Manifestação a favor da Cracolândia - FIM DO MUNDO

Loucura atinge ápice: manifestação a favor da Cracolândia
As pragas da insanidade correm soltas pelo país, mas é difícil imaginar algo mais estarrecedor do que “manifestantes”, ONGs e juristas pelo direito ao crack

Por Vilma Gryzinski
Mundo dos zumbis: rede de proteção que prega permissividade total criou um território livre da lei (Paulo Whitaker/Reuters)

Quem anda de metrô, tem conta em banco e assina serviços de internet costuma ser chamado de usuário. Sem saber, todas estas pessoas estão na companhia dos infelizes e perigosos viciados em crack que transformaram um pedaço de São Paulo numa sucursal do inferno.

Existem viciados em praticamente todos os lugares do Brasil, mas só em São Paulo existe uma rede de proteção ao vício, ao tráfico e ao crime. Por isso, a Cracolândia se transformou em território livre de viciados, traficantes e criminosos.

Qualquer iniciativa tomada para acabar com este escândalo a céu aberto é imediatamente contestada por especialistas preocupados com tudo, menos com os cidadãos infernizados por esta aberração.
Consideram que os viciados são doentes – como se estivessem indo ao trabalho ou à escola e tivessem sido picados por algum dos pernilongos assassinos que pululam no nosso meio-ambiente. Mas não doentes comuns, daqueles amontoados nos serviços públicos de saúdes.

Segundo estes especialistas, cada um dos viciados, ou “usuários”, teria que ser acompanhado dia e noite por uma equipe multidisciplinar. Psicólogos, psiquiatras, médicos especialistas em todas as inúmeras enfermidades que adquirem através de seu estilo arriscado de vida.

Terapeutas, talvez acupunturistas e massagistas. Também arquitetos que desenhariam as moradias bem planejadas onde ficariam abrigados, com banheiras de hidromassagem para relaxar as tensões.

DROGAS RECREATIVAS

Pelo menos, advogados, juristas e promotores eles já têm. Encostou na Cracolândia e o mundo vem abaixo com um vigor não encontrado em todas as outras inúmeras áreas onde falta praticamente de tudo à população, em especial aos mais pobres.
A última novidade foi uma manifestação a favor da Cracolândia. Repetindo: a favor da Cracolândia. Não era muito grande, mas teve repercussão e cobertura enormes. Só saiu um pouco do noticiário porque um outro pessoal da mesma estirpe estava tocando fogo em ministérios em Brasilia.

Marchas pela legalização da maconha são comuns – e redundantes, consideram-se que na prática seu uso é livre. Em geral, jovens de classe média usam drogas recreativas que só causam impacto forte na saúde mental em quem tem predisposição a determinados distúrbios ou for um idiota total.
Marcha pela Cracolândia é uma aberração tão distorcida que até os jornais estrangeiros loucos por um “progressismo” ficaram um pouco fora dessa. A BBC registrou a intervenção e os “críticos” que dizem que ela “vai meramente empurrar o problema para outras partes da cidade”.

VERTIGEM NACIONAL

O que foi feito na Cracolândia em São Paulo pode ser discutido e contestado até o fim dos tempos. Mas é impossível não ver a motivação política por trás das reações desequilibradas que provocou.

O titular da prefeitura, evidentemente, tem seus interesses e entende muito bem o repúdio universal ao espetáculo grotesco da Cracolândia. No universo das pessoas comuns, evidentemente.

Os que condenam a ação têm pavor da popularidade gerada por iniciativas como a que tomou. Inclusive entre os que são, nominalmente, correligionários. Na vertigem nacional em que o país está mergulhado, qualquer índice de popularidade pode acabar no Planalto.
O crack destrói cidadãos principalmente das camadas mais pobres. Quem já viu uma pessoa normal se transformar em zumbi, de olhos e alma capturados pelo vício, sabe o que acontece. Família, trabalho, moradia, amigos, dentes, roupas e, por fim, sapatos, tudo é tragado.
“Usuários” passam a exalar um cheiro terrível.Traficam, roubam, assaltam, se prostituem, engravidam e dão à luz crianças devastadas pelo vício.  O olhar humilde de quem pede um dinheirinho para o “ônibus” se transforma em ameaçador, movido fissura incontrolável pela pedra maldita.
De que outra forma quem não trabalha pode sustentar um vício avassalador? Muitos alternam períodos de remissão, quando se afastam do vício e conseguem trabalhar. Devem receber todo o apoio. Daí vem a recidiva. De ciclo em ciclo, chegam ao fundo, quando perdem o principal: o poder de tomar decisões.

MUDANÇA DE TURNO

Proteger os mais desprotegidos é uma obrigação das sociedades civilizadas. Ter compaixão e oferecer ajuda aos viciados é um dever moral. Que não pode ser confundido com um laissez-faire ideologizado, com permissividade incondicional e paralisante.
Mas quem está preocupado com moradores, transeuntes, donos de pequenos comércios, todos infernizados pelo território livre de viciados e traficantes? Com os trabalhadores humildes assaltados por um celular que vai virar pedra?
Quem já olhou pelas janelas dos prédios onde as castas superiores trabalham e viu faxineiras sairem em grupo, na hora da mudança de turno, agarrando as bolsas, tentando se proteger mutuamente dos “nóias” ?
Muitas dessas mulheres demonstram bondade com os viciados que, em seus bairros, “não fazem mal a ninguém”, exceto pelo tráfico entre si. Têm medo muito maior de que seus filhos sejam “levados” para o mundo dos zumbis.

POLTRONA MOLE

Do alto de seu saber jurídico, os membros das castas não levantam sequer um dedinho humanitário para fazer algo contra o fluxo constante e inalterado de cocaína transformada em crack diante de seus próprios olhos. Quando se dão ao trabalho de olhar, claro.
Em suas ONGs moderninhas, advogados brilhantes e ascendentes são pagos para defender com argumentos bem escritos, que aprenderam nas melhores faculdades, a legalização das drogas.
Convivem com seu benfeitores ricos, aprendem a tomar vinhos cada vez melhores, andam de bicicletas cheias de maiúsculas. Quando realizam o sonho de comprar uma poltrona Mole, objeto de desejo a um nível quase tão absoluto quanto as pedras de crack para os viciados, foram totalmente cooptados. Moralmente, estão mais moles do que a poltrona.

E, ainda por cima, todos se acham paladinos da justiça.

http://veja.abril.com.br/blog/mundialista

sexta-feira, 26 de maio de 2017

PENA DE MÃE QUE ROUBOU OVOS DE PÁSCOA É MAIOR DO QUE A DE RÉUS DA LAVA JATO

STF NEGOU O PEDIDO DE LIBERDADE À MULHER, QUE TEM 4 FILHOS

Redação
O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou liberdade a uma mãe de quatro crianças condenada a três anos, dois meses de prisão por furtar ovos de Páscoa e um quilo de peito de frango.
A pena estipulada a ela chega a ser maior do que a de alguns condenados na Operação Lava Jato.
O crime de Maria* aconteceu há dois anos. Ela foi presa em flagrante por furtar produtos de um supermercado de Matão, em São Paulo. Permaneceu reclusa por cinco meses, até que um juiz concedeu a liberdade provisória. Condenada em primeiro grau, ela teve a sentença mantida em segunda instância e voltou ao cárcere em novembro de 2016, grávida. A detenta deu à luz no último 28 de abril e vive com o filho em uma cela, cuja capacidade é de 12 pessoas, ao lado de outras 18 lactantes.
A Defensoria Pública de São Paulo pediu o habeas corpus na última sexta-feira, 19, com os argumentos de que a sentença era desproporcional à tentativa de furto e de que Maria* é mãe de quatro crianças.
Para a defensora Maíra Coraci Diniz, a extensão da pena da mãe é "absurda", ao se considerar o caráter pouco impactante e lesivo do crime. Diante disso, ela acionou o STJ para pedir a atipicidade material da conduta (anulação por ser crime insignificante), a readequação da pena ou a prisão domiciliar, garantida pela lei às mães responsáveis por filhos menores de 12 anos.
No entanto, para o ministro relator da ação, não há "evidente constrangimento ilegal" que justificasse a concessão da liminar de soltura de Maria*.
Cordeiro manteve Maria* em regime fechado por "não vislumbrar a presença dos requisitos autorizativos da medida urgente".
A decisão foi publicada na manhã desta quinta-feira e consta no acompanhamento processual da Corte. O habeas corpus, segundo ele, é medida excepcional.


Fonte: diariodopoder.com.br

Oposição se borra ao saber do uso das Forças Armadas para reprimir manifestações em Brasília


Deputados da oposição criticaram, na tarde desta quarta-feira (24), o presidente Michel Temer (PMDB) por ter publicado edição extra do Diário Oficial da União (DOU) autorizando o uso das Forças Armadas para reprimir protestos.
O acionamento da chamada missão de Garantia da Lei e da Ordem, conforme a publicação do Diário Oficial, permite o governo utilizar tropas federais até 31 de maio. O governo afirmou que autorizou a medida a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
– Não me lembro de ter visto isso nem na ditadura militar. Não é um ato normal. Já tínhamos visto o acionamento da Garantia da Lei e da Ordem em presídios nas favelas do Rio de Janeiro, mas não tínhamos visto para reprimir os movimentos sociais – afirmou o líder do PT, Carlos Zarattini (SP), em discurso no plenário.
O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) também criticou durante discurso no plenário o acionamento da GLO. O parlamentar disse não ter visto uma situação dessas nem durante o regime militar.
– É um absurdo – afirmou o deputado fluminense.

Parlamentares da oposição cobraram do presidente da Câmara o motivo pelo qual ele pediu isso. Maia afirmou que apenas pediu ao presidente Michel Temer o uso das Forças Nacionais de Segurança para conter os protestos contra o governo em frente ao Congresso.

Fonte: folhapatriota.com.br.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Justiça determina bloqueio de até R$ 26 milhões de ex-governadores e ex-vice do DF

Para Arruda e Agnelo, valor chega a R$ 10 milhões cada. Justiça também determinou bloqueio de até R$ 6 milhões de Tadeu Filippelli, ex-vice governador; até a manhã desta terça, ele era assessor de Temer.

Por G1 DF
23/05/2017 11h18
Tadeu Filippelli (PMDB), à direita, ex-vice-governador e atual assessor especial do presidente Michel Temer, chega à sede da Polícia Federal em Brasília após ser preso pela Polícia Federal na Operação Panatenaico (Foto: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo)

A Justiça do Distrito Federal determinou, nesta terça-feira (23), o bloqueio de até R$ 26 milhões dos ex-governadores José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz e do ex-vice-governador Tadeu Filippelli, que atualmente exercia a função de assessor do presidente Michel Temer.

Os três também são alvos de mandados de prisão temporária por, supostamente, integrarem um esquema de corrupção que superfaturou obras do estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, em troca de propina.

Para Arruda e Agnelo o bloqueio de bens é de até 10 milhões, cada um. Filippelli deve ter R$ 6 milhões em bens bloqueados, de acordo com a decisão. Outras sete pessoas também são citadas no pedido do Ministério Público Federal de bloqueio de bens – o montante total chega a R$ 50 milhões.

Às 11h55 desta terça, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República informou que Filipelli foi exonerado do cargo. Ele havia sido nomeado em 22 de setembro de 2016, ficando portanto exatos 8 meses no cargo.

A construtora Via Engenharia, que participou de todo o processo licitatório no consórcio com a Andrade Gutierrez, também foi alvo de bloqueio de bens. Por determinação da 10ª Vara Federal, o valor é de até R$ 100 milhões.

(Foto: Editoria de Arte/G1)

Segundo sentença do juiz da 10ª Vara Federal Vallisney de Souza Oliveira, o acordo entre as empresas garantiu a execução dos crimes denunciados: "fraude à licitação, lavagem de dinheiro, corrupção, peculato e associação criminosa".

Três acusados de terem participado do esquema, no entanto, tiveram o pedido de indisponibilidade de bens indeferidos. Segundo o juiz, a situação dos advogados José Wellington Medeiros de Araújo e Luiz Carlos Barreto de Oliveira Alcoforado, bem como do empresário Alberto Nolli Teixeira, sócio da Via Engenharia, "que sofrerão somente busca e apreensão, pelo menos até o presente momento, é diferente daqueles a quem se requer também prisão temporária".

Polícia Federal do DF cumpre mandados de prisão temporária contra dois ex-governadores do DF (Foto: Beatriz Pataro/G1 )


Os mandados de prisão contra os políticos e outros seis acusados de envolvimento no esquema começaram a ser cumpridos pela Polícia Federal por volta das 7h desta terça-feira.

Fonte G1-DF

quinta-feira, 18 de maio de 2017

PROCURADOR DA REPÚBLICA A SERVIÇO DA JBS É PRESO

O procurador da República Ângelo Goulart Villela foi preso nesta quinta-feira, 18. Ele é citado na delação do frigorífico JBS como beneficiário de propina para repassar informações confidenciais da Operação Greenfield.

No tempo de hoje, infelizmente ta difícil pra confiar em alguém, pois quanto mais mexe mais fede, mais nomes aparecem, até em setores da procuradoria da república, este mecanismo tem que ser desfeito e precisamos de uma grande renovação em todos os setores, pessoas com caráter, precisamos fazer um pente fino geral, RENOVAÇÃO JÁ.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Presidente disse que os militares representam a busca pela paz

Em evento no Exército, Temer volta a pedir pacificação entre os brasileiros


 Foto: Palácio do Planalto / Flickr / CP

O presidente Michel Temer voltou a pedir nesta quinta-feira que haja paz entre os brasileiros e repetiu, como disse em evento na véspera, que o clima no País é de "certa raivosidade". "Nós vivemos um momento, nos últimos tempos, de uma certa animosidade entre os brasileiros, o que é inteiramente condenável", disse durante cerimônia de imposição da "Medalha Militar de Platina", em Brasília, conforme áudio divulgado no final da manhã pela assessoria de imprensa do Planalto.

"Eu não me canso de repetir esse fato, porque me parece importante que, sendo eu presidente da República, eu possa fazer alguma pregação. E a pregação que tenho feito ao longo do tempo é exata e precisamente a pacificação entre os brasileiros, para eliminar o que eu disse ontem, com um certo ideologismo, uma certa raivosidade existente entre setores da sociedade brasileira", completou.

Ao exaltar o papel das Forças Armadas, Temer disse que, apesar de os militares estarem preparados para a guerra, eles representam a busca da paz. "Quero também registrar que as Forças Armadas exercem um papel extraordinário, estão preparadas para a guerra, mas elas representam, quando (a guerra) não vem, esperamos que nunca venha, elas representam o sintoma da paz, são a garantia da paz, porque elas se baseiam na ideia de disciplina, hierarquia e respeito absoluto da nossa história", afirmou.

No evento, Temer assinou o decreto de Criação do Comitê para Revitalização do Parque Nacional dos Guararapes (PE), que integrará os ministérios da Defesa, Cultura, o Exército e Iphan, com a finalidade de discutir e propor instrumentos para a revitalização do parque. "Neste momento acho importantíssimo resgatar os momentos históricos", disse Temer, destacando que daqui a 50 anos ele e os generais Villas Boas e Marco Antônio de Farias, que foram homenageados com medalhas, farão parte da história.

Temer disse ainda que uma tarefa "dificílima" caiu nas mãos do governo e citou o auxílio das Forças Armadas no auxílio da segurança pública dos Estados. "Não são momentos fáceis, nem administrativa nem politicamente", disse. Segundo Temer, ao pedir ajudar ao ministro da defesa, Raul Jungmann, e às Forças Armadas para a segurança pública, ele teve o apoio necessário.

"Quando solicitei o apoio para essa atividade relativa à segurança pública dos Estados, e estava ultrapassando as fronteiras territoriais e jurídicas do conceito de autonomia estadual, não houve um titubeio se quer", afirmou. "Imediatamente se disse: 'conte conosco para aquilo que for necessário'. E contamos. Vejam o que as Forças Armadas têm feito ao longo do tempo, nesses últimos tempos exatamente em relação à segurança pública", disse Temer.

O presidente afirmou ainda que a população está aplaudindo a atuação das Forças Armadas nos Estados e que os militares "servirão sempre de exemplo". "Para revelar que o País precisa de paz e tranquilidade", declarou. "Quando se traz, quando nós pedimos, quando enviamos as Forças Armadas para certos Estados, eles são recebidos com aplausos. E olha que aplausos para homens da vida pública não está nada fácil", completou.


Fonte: correiodopovo.com.br

terça-feira, 9 de maio de 2017

Idosos com 60 anos ou mais podem pedir gratuidade do IPTU


Quem se enquadra na chamada “lei do idoso”, que isenta a cobrança do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), deve ficar atento: para garantir o benefício no exercício de 2017, os idosos devem procurar a Secretaria de Fazenda. A lei municipal 9630, de 2012 vale para pessoas com idade acima de 60 anos, que possuem apenas um imóvel, são aposentados e tenham renda de até dois salários mínimos. De acordo com a defensora pública Andréa Carius, o ideal é que as pessoas procurem a Secretaria ainda neste mês, quando as guias de cobrança são emitidas.

– Para que o benefício seja concedido, é importante estar atento para algumas etapas. O requerente deve apresentar algum documento que comprove a renda de até dois salários mínimos. Isso pode ser feito através da declaração do imposto de renda ou pelo espelho da Previdência Social, para quem não é obrigado a declarar – disse a defensora.

Os idosos que já tiveram a cobrança do IPTU zerada por conta da lei em outros anos precisam renovar o pedido para o ano de 2017. Quem já realizou o pedido, mas não obteve resposta, por sua vez, deve procurar a Secretaria de Fazenda, para verificar o andamento do processo administrativo.

– Em alguns casos, o município pode fazer questionamentos com relação aos documentos apresentados. Essas questões devem ser respondidas pelo requerente, para que ele não tenha o pedido indeferido – disse Andréa Carius, informando que o requerimento vale apenas a partir da data da solicitação, ou seja, não é retroativo.

Fonte: noticias.farositescontabeis.com.br

Projeto que traz economia milionária ao Exercito é desenvolvida no 5º RCC por um Sargento


Phillipe Gomes Falcão Vilela é 2º Sargento do Quadro de Material Bélico/Manutenção de Armamento.

A aquisição dos carros de combate Leopard 1A5 pelo Exército Brasileiro trouxe consigo a doutrina de manutenção alemã, com foco na manutenção preventiva. Periodicamente são feitas revisões para testar todos os sistemas da viatura, o que gera grande consumo de óleo diesel e desgaste das baterias.

Foi aí, que entrou a participação decisiva do sargento Falcão ao desenvolver uma fonte de alimentação externa, independente das condições das baterias e sem necessidade de usar o motor da própria viatura para gerar energia.

O projeto iniciou-se em 2014 ao realizar o Curso de Manutenção da Torre do Leopard 1 A5, no Centro de Instrução de Blindados, em Santa Maria/RS, com o objetivo de reduzir custos e foi concluído em 2017 com apoio do Comando do 5º RCC.

A atitude do militar reflete as tradições de pioneirismo e modernidade do Regimento Tenente Ary Rauen. Se for implantado nas Unidades Blindadas, trará maior eficiência e economia de meios para toda a cadeia logística de manutenção.


Phillipe Gomes Falcão Vilela é 2º Sargento do Quadro de Material Bélico/Manutenção de Armamento, turma de 2005. Além do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS), possui os cursos de especialização em Mecânica de Instrumentos e Manutenção da Torre do Leopard 1 A5.

Fonte: http://www.riomaframix.com.br

Ativistas Fazem Tomataço Contra Gilmar Mendes


Um grupo de ativistas organizou no início dessa noite de segunda-feira em São Paulo um mini-ato de protesto em forma de tomataço contra o ministro do STF Gilmar Mendes, que se encontrava na capital paulista ministrando um curso. Ao sair do local, os ativistas lançaram tomates podres contra o carro do integrante do supremo, que tem mandado libertar os principais detidos pela Lava Jato.

Começa a tomar corpo entre ativistas a intenção de iniciar um movimento político para promover o impeachment de integrantes do Supremo Tribunal Federal, nos termos previstos pela Constituição, uma vez que a suprema corte do país vem tomando claramente decisões inconstitucionais, motivadas por razões político-ideológicas e que extrapolam as atribuições que lhe são dadas pelo texto constitucional.

Vídeos
https://www.facebook.com/463455227155606/videos/789291354571990/


Fonte: #CriticaNacional #TrueNews

quinta-feira, 4 de maio de 2017

O Brasil sofre por causa da CORRUPÇÃO!

Depois da saída dos militares do Poder, surgiu a Corrupção e agora o povo Brasileiro sofre e sofrerá por escolher mau seus políticos super pagos!!
Veja este vídeo.